Vagas no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul: banca definida

Está definido que o Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa – IGBP será a banca organizadora do concurso Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) com vagas para os cargos de Desenhista, Analista Judiciário – Engenharia Civil e Técnico em Informática. Em outubro foram publicados no Diário Oficial o extrato de contratação da banca e dispensa de licitação.

Os certames mais recentes com oportunidades para esses mesmos cargos foram realizados em 2012 e 2014. Nesse artigo faremos uma análise sobre os últimos editais. Fique atento a essa excelente oportunidade!

Remuneração

Conforme portal da transparência do TJ-RS os vencimentos básicos para cada cargo são:

  • Analista Judiciário – área de apoio especializado: Engenharia Civil é de R$ 7.352,93;
  • Desenhista é de R$ 4.712,55; e
  • Técnico em Informática é de R$ 4.712,55.

Além disso, os servidores do Tribunal contam com os benefícios de:

  • Auxílio-alimentação, no valor de R$ 554,62;
  • Auxílio-creche, no valor de R$ 578,93;
  • Auxílio-transporte, no valor de R$ 206,80; e
  • Plano de saúde.

Requisitos e principais atribuições

Analista Judiciário – Engenharia Civil

É requisito mínimo para investidura no cargo possuir diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Engenharia Civil, reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC e registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia -CREA. No exercício das suas atribuições o Analista Judiciário Engenheiro Civil irá elaborar o planejamento e execução de projetos relativos a obras, estruturas, transportes e exploração de recursos naturais, bem como de reformas no âmbito do Poder Judiciário Estadual. Esse servidor tem suas atividades totalmente ligadas à sua área de formação e será responsável pelas vistorias, avaliações e fiscalizações dos serviços prestados ao Tribunal.

Desenhista

O cargo de Desenhista exige diploma de curso de nível médio e certificado de habilitação em curso que compreenda a matéria e prática de desenho. Os desenhistas tem suas atribuições relacionadas a manutenção predial e novos projetos de infraestrutura das edificações do Poder Judiciário, e são os responsáveis por desenhar plantas, fachadas e detalhes de prédios. Além disso elaboram gráficos, croquis e todos os tipos de desenhos de projetos arquitetônicos e de obras.

Técnico em Informática

Apesar de a nomenclatura do cargo ser Técnico em Informática, é exigido apenas diploma ou certificado de nível médio e curso de aperfeiçoamento na área de, no mínimo, 80 horas. Além disso, é necessário comprovar experiência de pelo menos 1 ano em atividade profissional relacionada às funções do cargo. São atribuições do cargo:

  • apresentar soluções na utilização de softwares aplicativos e documentar aplicativos a serem adquiridos/instalados nos equipamentos de informática;
  • prestar assistência aos usuários para resolução de problemas com a utilização de softwares aplicativos, bem como os desenvolvidos pelo setor;
  • instalar e configurar softwares;
  • verificar equipamentos adquiridos, bem como a instalação dos acessórios e respectivos softwares;
  • efetuar levantamento e apresentar soluções para a instalação de redes;
  • elaborar orçamentos, cronogramas e análise de viabilidade técnica e econômica para a instalação de redes de computadores;
  • efetuar análise de tráfego na rede, usuários conectados, acesso externo;
  • implantar servidores de redes; implantar redes em estações de trabalho;
  • estudar, racionalizar e projetar redes de computadores; e avaliar, revisar e melhorar as redes de computadores existentes;
  • ter conhecimentos sobre o funcionamento de hardware e software de redes;
  • definir e documentar novas redes e alterações de redes; e acompanhar a instalação de cabeamento lógico de redes;
  • assistir às áreas afins quanto à utilização de redes de computadores;
  • administrar prazos, recursos e planos de teste na instalação de redes;
  • definir normas e padrões de utilização, segurança e funcionamento das redes;
  • verificar os softwares de rede adquiridos, bem como a sua instalação;
  • auxiliar e/ou elaborar informações técnicas relativas a redes de computadores.

Como foi o último concurso?

O último concurso do TJ RS foi em 2014, e ofertou 2 vagas para o cargo de Analista Judiciário – Engenharia Civil e 5 vagas para Técnico em Informática. As remunerações iniciais previstas em edital foram de R$ 6.570,13 e R$ 4.210,85 para Analista Judiciário – Engenharia Civil e Técnico em Informática, respectivamente.

Já o último concurso para Desenhista ocorreu em 2012 ofertando 2 vagas. Na época, o salário oferecido foi R$ 3.559,92. Os dois certames foram organizados pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – FAURGS.

Etapas do último concurso

Compostos por etapa única consistindo em uma Prova Objetiva, os dois últimos certames tiveram provas com questões divididas da seguinte maneira:

Nível Superior – Analista Judiciário Engenharia Civil

A prova para o cargo de Engenharia Civil teve 80 questões e duração de 4 horas. 

Disciplinas cobradas

Nº questões

Mínimo de acertos

Língua Portuguesa

20

10

Informática

12

Sem acerto mínimo

Conhecimentos Específicos

36

18

Legislação

12

Sem acerto mínimo

Para serem considerados aprovados, os candidatos deveriam obter a pontuação mínima em cada disciplina, bem como o mínimo de 40 acertos em toda a prova.

Técnico em Informática

A prova para Técnico em Informática teve 70 questões e duração de 4 horas.

Disciplinas cobradas

Nº questões

Mínimo de acertos

Língua Portuguesa

20

10

Língua Inglesa

12

Sem acerto mínimo

Conhecimentos Específicos

26

13

Legislação

12

Sem acerto mínimo

Para serem considerados aprovados, os candidatos deveriam obter a pontuação mínima em cada disciplina, bem como o mínimo de 35 acertos em toda a prova.

Desenhista

A prova para Desenhista teve 70 questões com duração em 4 horas.

Disciplinas cobradas

Nº questões

Mínimo de acertos

Língua Portuguesa

18

9

Matemática

14

7

Conhecimentos Específicos

18

9

Tópicos de Legislação

10

Sem acerto mínimo

Macroinformática

10

Sem acerto mínimo

Para serem considerados aprovados, os candidatos deveriam obter a pontuação mínima em cada disciplina, bem como o mínimo de 35 acertos em toda a prova.

Fique atento às movimentações do TJ RS. Há grandes chances de o próximo certame ocorrer no primeiro semestre de 2021. Bons estudos!